Niterói por niterói

Publicado

Adolescente de Niterói é a primeira do estado a se vacinar contra a Covid

Prefeitura abriu o calendário para adolescentes com deficiência e comorbidades nesta quinta-feira
Maria Fernanda, ao lado da mãe, Beatriz, exibe cartão de vacinação. Foto- Luciana Carneiro
Maria Fernanda, ao lado da mãe, Beatriz, exibe cartão de vacinação. Foto: Luciana Carneiro

Niterói começou, nesta quinta-feira, a vacinar menores de 18 anos contra a Covid-19. Uma estudante de 17 anos, portadora de Síndrome de Down, foi a primeira adolescente do estado do Rio a receber a primeira dose de imunizante contra a doença, no drive-thru da UFF. Maria Fernanda tomou a vacina da fabricante Pfizer, a única autorizada por entidades de saúde em todo o mundo para aplicação em crianças e adolescentes.

Com 17 anos, a jovem foi acompanhada da mãe, Beatriz Fróes. Ela contou que vem cumprindo isolamento social rígido, e que não vê a hora de poder voltar a ver os amigos:

– Vim me vacinar porque eu quero muito encontrar meus amigos. Estou há muito tempo sem encontrá-los, por conta da pandemia. Namoro há três anos e estou sem encontrar meu namorado, estou com muita saudade de todos os meus amigos também. Estou muito feliz, quase sem acreditar.

Momento histórico: adolescente de Niterói é a primeira do Estado a se vacinar contra a Covid. Foto: Luciana Carneiro.

Mãe de Maria Fernanda, Beatriz Fróes não escondeu a emoção com a abertura do calendário para crianças e adolescentes com comorbidades.

– A vacinação vai permitir que nossos filhos possam voltar para as suas atividades, para os seus tratamentos (…). Quando paralisam os tratamentos, eles regridem, e isso é comprovado cientificamente. É muito necessária essa vacinação, até porque, as comorbidades e as deficiências implicam numa maior gravidade caso eles adquiram a doença – disse, emocionada.

Calendário

Segundo a Prefeitura, serão vacinados os menores de idade com comorbidades e deficiência permanente listadas no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde. Niterói é a primeira cidade do Estado a permitir a vacinação de menores de 18 anos, exclusivamente para adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades e deficiência permanente, com indicação médica.

Nesta quinta e sexta-feira (22 e 23), poderão se vacinar jovens de 16 e 17 anos. O calendário será atualizado semanalmente, e dependerá da entrega de novas doses por parte do Ministério da Saúde. Os postos destinados para essa faixa estária são a Policlínica Carlos Antônio Silva, em São Lourenço, e o drive-thru do Campus do Gragoatá da Universidade Federal Fluminense (UFF), em São Domingos, das 8h às 17h.

Quem fizer parte do público-alvo deve buscar um dos dois postos de vacinação e apresentar documento de identificação, CPF, comprovante de residência e laudo médico indicando a condição clínica e a indicação de aplicação do imunizante Pfizer. Serão vacinados os jovens com comorbidades e deficiência permanente listadas no Programa Nacional de Imunizações do Ministério da Saúde.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email