Niterói por niterói

Publicado

A retomada da economia começou em Niterói? Veja cinco boas notícias

Cidade registra aumento no emprego, maior atividade no comércio e confiança na abertura de empresas; vacinação é o melhor investimento
Fila na porta do restaurante A Mineira, em São Francisco; clientes estão voltando. Foto- leitor
Fila na porta do restaurante A Mineira, em São Francisco; clientes estão voltando. Foto: leitor

A taxa de ocupação hospitalar está em queda, diminui o número de mortes em Niterói e em todo o Brasil, as restrições às atividades começam a ser derrubadas e as pessoas saem às ruas. O cenário pode ser percebido com um simples olhar endereçado ao movimento nas ruas. Restaurantes cheios, promoções no comércio, aumento no emprego. Será que finalmente podemos falar em retomada da economia, depois de quase um ano e meio de pandemia?

O A Seguir Niterói pediu à Secretaria Municipal de Fazenda para listar alguns dos indicadores mais consistentes da retomada da atividade econômica, numa cidade que depende sobretudo do comércio e dos serviços. A Secretaria listou alguns:

O crescimento de novas empresas em Niterói, em 2021 na comparação com 2020. Houve aumento de 62% na abertura de microempresas; 107% nas empresas de pequeno porte; e 70% nas médias e grandes empresas.

Em junho, o município emitiu cerca de 570 mil notas fiscais. Em comparação ao período mais crítico da pandemia, que foi o mês de maio de 2020, o crescimento é de 85%. O aumento na emissão de notas fiscais indica avanço no volume de vendas e prestação de serviços.

A cidade também está gerando emprego. Segundo dados do Caged, Niterói está com saldo positivo na geração de empregos. O acumulado dos últimos 12 meses aponta a criação de 4.238 postos de trabalho.

A transferência de ICMS do Estado para Niterói aumentou 70,9% no mês de junho de 2021 em comparação ao mesmo período do ano passado. A parcela recebida foi de R$ 52 milhões.

Niterói possui mais de 80% da população adulta com a primeira dose e cerca de 40% com a segunda dose. Com o avanço da imunização, as pessoas estão retomando gradativamente as atividades diárias, movimentando os setores de comércio e de serviços.

Na quinta-feira (22), a Secretária municipal de Fazenda, Marilia Ortiz, ldestacou, durante a live da Prefeitura, o suporte que o município deu às empresas e famílias: “Nós completamos em julho R$ 1 bilhão em investimentos para mitigar os impactos da pandemia na cidade nos últimos 18 meses. Com esses recursos, auxiliamos empresas, as pessoas mais necessitadas na cidade e ampliamos a retaguarda de saúde no município. Isso torna Niterói um exemplo no país, pois não há nenhuma cidade que tenha feito investimentos desse porte”, disse.

COMPARTILHE

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email